Higiene bucal: 5 erros que você pode estar cometendo

Tempo de leitura: 3 minutos

Faça as contas: desde que aprendemos a escovar os dentes, na infância, são pelo menos 3 escovações diárias. Portanto, uma pessoa de 40 anos, por exemplo, que começou a fazer a higiene bucal sozinha aos 7, já realizou essa ação mais de 36 mil vezes!

É um número impressionante, não é mesmo? Somando isso às visitas periódicas ao dentista, é de se imaginar que não existam erros na higiene bucal. Porém, isso nem sempre é verdade.

Muitas pessoas acabam cometendo pequenos deslizes que podem prejudicar a saúde da boca e dos dentes, causando desde um simples mau hálito até problemas mais graves que comprometem o sorriso.

Por isso, listamos os principais erros cometidos por grande parte da população na hora de fazer a higiene bucal. Confira:

1. Escolher produtos e acessórios errados

O mercado oferece uma infinidade de produtos destinados à higiene bucal: de escovas simples a escovas elétricas, cremes dentais variados e enxaguantes bucais que prometem os mais diversos benefícios.

Entretanto, cada pessoa tem uma necessidade diferente na hora de limpar os dentes, e usar o produto ou o acessório errado pode ter consequências graves para a saúde bucal. Na hora de comprá-los, fique atento a estas dicas:

2. Usar muita força na hora da escovação

Além de usar uma escova com cerdas macias, não usar muita força na escovação é essencial para garantir a limpeza dos dentes, sem prejudicar a saúde bucal.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, escovar os dentes com delicadeza e pressão moderada é suficiente para limpar adequadamente a boca: os movimentos realizados (para cima e para baixo, para frente e para trás e em círculos) são mais importantes que a força.

3. Não escovar os dentes por tempo suficiente

Por quanto tempo você escova os dentes? Nos dias mais corridos, é comum limitar a higiene bucal a uma rápida escovada nos dentes, mas o hábito de negligenciar a escovação é uma das principais causas de cáries e problemas bucais.

Toda o ritual da higiene bucal deve durar, em média, cinco minutos — entre uso do fio dental, escovação (por, pelo menos, dois minutos) e enxágue.

4. Não usar fio dental 

O fio dental é essencial para uma boa higiene bucal. Por meio do seu uso, é possível limpar os pequenos espaços entre os dentes, onde a escova não alcança.

Por isso, apesar de parecer uma tarefa chata, é importante incluir esse hábito na rotina de higiene ao menos uma vez por dia, passando o fio dental entre cada um dos dentes antes ou depois da escovação.

5. Negligenciar as consultas de rotina com o dentista

Engana-se quem pensa que higiene bucal se resume a escovar os dentes três vezes ao dia. As visitas periódicas ao dentista, mesmo quando não existem sintomas (como dor de dente), são extremamente importantes para a saúde bucal.

O acompanhamento constante de um profissional especializado permite diagnosticar problemas precocemente e cuidar da higiene com mais atenção. Limpezas profissionais, remoção de tártaro e placa bacteriana e clareamento são procedimentos simples que contribuem para um sorriso bonito e bem cuidado!

Você já cometeu algum desses erros na sua higiene bucal? Então comece a seguir essas recomendações hoje mesmo! Para continuar recebendo dicas e informações importantes sobre saúde bucal e aprender a cuidar dos seus dentes, não deixe de assinar a nossa newsletter!

Sobre DF Prime Odontologia

Clínica Odontológica localizada na Zona Sul de Recife, conheça mais nossos serviços em nosso site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *