Impressão 3D na ortodontia: conheça as principais soluções

Tempo de leitura: 3 minutos

O uso da impressão 3D na ortodontia tem ajudado a revolucionar vários tratamentos, permitindo aos profissionais desse ramo oferecer um tratamento com muito mais qualidade para os pacientes. Essa tecnologia é aplicada em muitos procedimentos, como restaurações, próteses, confecção de implantes, entre outros.

Assim, ela proporciona diversos benefícios tanto funcionais quanto estéticos. Além disso, o trabalho do dentista se torna mais fácil, pois possibilita fazer um planejamento eficaz, minimizando as chances de erros e alcançando resultados cada vez melhores.

Pensando nisso, neste post, explicaremos como funciona a impressão 3D na ortodontia e os seus principais benefícios. Confira!

O que é impressão 3D?

A impressão 3D é uma tecnologia utilizada em vários setores, e trata-se de trabalhar um material para que ele adquira o formato desejado de acordo com um projeto predefinido. 

Logo, existe o projeto inicial com os formatos e medidas exatos, que são transmitidos para a impressora 3D, se encarregando de esculpir o material para que a peça seja fabricada. Com isso, ela permite planejar os tratamentos e confeccionar moldes, próteses e outras peças necessárias para os procedimentos odontológicos.

Como funciona essa tecnologia?

Para criar o projeto, um software específico é usado e a impressão é realizada em camadas de acordo com as informações, até que o formato final da peça desejada esteja completo, com o material mais adequado para o objetivo e nas dimensões definidas pelo usuário.

Os materiais mais utilizados são:

  • PLA (Ácido Polilático), polímero biodegradável;
  • ABS (Acrilonitrila Butadieno Estireno), um plástico resistente e leve.

Os scanners das impressoras 3D são muito precisos, e por isso, eles conseguem recriar cópias com um nível de detalhes muito alto, constituindo uma das maiores apostas de inovação tecnológica para a área da odontologia.

Quais as principais soluções na odontologia que já utilizam a impressão 3D?

A impressão 3D está sendo usada na odontologia para várias finalidades, como:

  • fabricação de implantes;
  • fabricação de alinhadores e modelos;
  • cirurgias de correção;
  • cirurgias buco-maxilo-faciais;
  • restaurações dentárias, incluindo próteses removíveis e fixas.

Essa tecnologia é muito útil na agilização de procedimentos ortodônticos, pois o tempo de fabricação de uma prótese é reduzido de cerca de 14 dias, para menos de 24 horas, por exemplo. Isso pode contribuir para reduzir o tempo do processo de confecção e implantação no paciente, além de poder ser produzida no próprio consultório.

Quais são os benefícios?

Utilizar a impressão 3D na ortodontia é investir em tecnologia na impactação dos negócios. Além de proporcionar vários benefícios para o consultório e paciente, adquirir essa novidade é estar par a par com uma tendência de mercado. Sendo assim, os principais benefícios são:

  • aumento da produtividade, que promove melhores resultados;
  • redução de custos;
  • diferencial no mercado;
  • motivação do paciente;
  • alto grau de precisão;
  • produtos mais resistentes;
  • maior lucratividade.

Como vimos, a impressão 3D na ortodontia tem ajudado a revolucionar diversos tratamentos e é usada em procedimentos como, confecção de implantes, próteses, entre outros. Por isso, não deixe de frequentar uma clínica responsável e que tenha essa tecnologia em seu consultório.

Gostou deste post e tem alguma dúvida? Então entre em contato com a nossa clínica. Será um prazer atendê-lo!

Sobre DF Prime Odontologia

Clínica Odontológica localizada na Zona Sul de Recife, conheça mais nossos serviços em nosso site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *