Perda óssea dentária: quais são as maiores causas deste problema?

Tempo de leitura: 4 minutos

Você sabia que as bactérias atingem não só o dente, mas também o osso de sustentação dele? A higienização bucal precária é capaz de levar à perda óssea dentária, situação grave que pode ocasionar a queda do dente.

A redução desse suporte ósseo ocorre devido a vários outros fatores, por isso é importante conhecer as características do quadro para ficar atento ao problema.

Entenda, neste post, o que é perda óssea dentária e suas causas, além de dicas de prevenção e opções de tratamento. Boa leitura!

O que é a perda óssea dentária?

Trata-se de um problema que atinge uma parte invisível do dente. Vamos explicar: o dente é formado pela coroa (parte branca acima da gengiva) e pela raiz (porção situada abaixo da gengiva e protegida pelo tecido ósseo alveolar).

O tecido ósseo e os ligamentos periodontais são os responsáveis pela sustentação e resistência dentária, fundamentais para a mastigação. Quando falamos de perda óssea, nos referimos à redução desse suporte, algo que pode levar à queda do dente.

Como identificar o problema?

Veja os sinais da perda óssea dentária:

  • gengiva retraída;
  • inflamação e sangramento na gengiva;
  • hipersensibilidade;
  • mau hálito;
  • dentes mais moles.

O fato de os dentes estarem “frouxos” é capaz de trazer problemas para a mastigação e fala, além do incômodo estético.

Quais as principais causas?

A perda óssea pode ser decorrente de alguns elementos, como os listados a seguir. Confira.

Osteoporose 

Doença caracterizada por uma perda de massa óssea global.

Diabetes

Pessoas com diabetes têm um risco maior de sofrer de gengivite (inflamação no tecido gengival) e periodontite (estágio avançado da gengivite, em que pode ocorrer a perda óssea).

Esses pacientes têm capacidade reduzida de combater infecções e ficam mais suscetíveis a problemas bucais.

Idade avançada

O desgaste ósseo é normal com o passar da idade, portanto os idosos tendem a apresentar perda óssea dentária.

Perda de dente

Pessoas que perderam um dente também podem apresentar a condição, já que o corpo entende que aquele osso responsável pela sustentação não tem mais função. Desta maneira, ocorre a reabsorção óssea.

Para que isso não aconteça, o ideal é o paciente colocar um implante dentário no local logo após a perda dentária, o que evita o problema.

Má higienização bucal

Quando você não retira toda a sujeira da boca, as bactérias se proliferam. A infecção pode atingir inicialmente a gengiva (gengivite) e depois avançar, chegando nas estruturas de sustentação do dente — o que leva à periodontite e à redução da massa óssea.

Sorriso desalinhado

Pessoas com dentes tortos têm dificuldade de fazer a higienização oral completa, porque os restos de alimentos se acumulam mais facilmente. Assim, podem sofrer com infecções bucais.

Como prevenir?

Para prevenir a perda óssea dentária é muito simples: basta realizar a limpeza bucal completa sempre após as refeições e antes de dormir.

Você deve limpar todas as faces dos dentes com movimentos circulares e utilizar o fio dental para retirar todos os restos de alimentos, inclusive entre os dentes e na linha da gengiva.

É necessário também ir regularmente ao dentista para avaliar sua condição de saúde bucal, evitando que uma simples inflamação na gengiva evolua para um problema tão sério como a perda de massa óssea.

O especialista pode indicar ainda o tratamento ortodôntico para a correção dos dentes desalinhados, facilitando a limpeza e contribuindo para um sorriso mais saudável e bonito.

Como tratar a perda óssea?

O tratamento depende da evolução da perda óssea. Em casos leves, o dentista descontamina a área e realiza o exame clínico ou radiografia para checar a condição.

Para quadros avançados, o profissional faz uma cirurgia de reconstrução óssea. Esse procedimento consiste na limpeza da raiz e na inserção de um material biocompatível, que possibilita a formação de uma nova estrutura de sustentação.

É preciso ficar atento a qualquer alerta que a boca nos dá e procurar o dentista para avaliação. Ele é capaz de tratar infecções ainda em fase inicial e orientar quanto à importância da higienização bucal para impedir contratempos como a perda óssea dentária.

Quer manter um sorriso sempre bonito e saudável? Entre em contato com a DF Prime Odontologia e tire suas dúvidas com nossos especialistas!

Sobre DF Prime Odontologia

Clínica Odontológica localizada na Zona Sul de Recife, conheça mais nossos serviços em nosso site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *