Você sabe quando ir ao dentista para fazer uma limpeza dentária?

Tempo de leitura: 3 minutos

Apesar de a maioria das pessoas saberem que é preciso visitar o dentista com frequência para cuidar da saúde bucal, nem todo mundo faz isso. A falta de limpeza dentária pode ser bastante prejudicial, trazendo várias complicações indesejáveis para os pacientes.

Além da rotina diária de cuidados, é essencial o acompanhamento periódico com um profissional que possa atuar na profilaxia, isto é, na prevenção de problemas como as cáries e as doenças periodontais.

Leia este post com as respostas para as principais perguntas sobre o assunto e não deixe de colocá-las em prática:

Por que é importante visitar o dentista?

Apenas um profissional qualificado pode avaliar a condição bucal de cada paciente e indicar os procedimentos mais apropriados para corrigir imperfeições, como clarear manchas ou alinhar os dentes.

Mas, ainda que a pessoa não apresente nenhum detalhe a ser corrigido, visitar o dentista é fundamental para fazer limpezas dentárias mais profundas do que a higienização realizada no dia a dia.

Também conhecida como profilaxia dentária, trata-se de uma limpeza bucal mais minuciosa, que consegue remover toda a placa bacteriana acumulada com o tempo, deixando os dentes mais limpos e brilhantes.

Para isso, o dentista utiliza métodos como a raspagem do tártaro, aplicação de bicarbonato e flúor, além do polimento dos dentes — ou seja, são técnicas que requerem conhecimento e instrumentos específicos, algo que não conseguimos fazer em casa.

Qual é a frequência ideal para ir ao consultório odontológico?

A recomendação geral é que a cada 6 meses os pacientes marquem uma consulta para que o profissional avalie a sua saúde bucal e faça uma boa limpeza dentária. E isso vale para todas as pessoas, inclusive as crianças, que também devem ser acompanhadas.

Entretanto, existem alguns casos em que há necessidade dessa frequência ter um prazo menor. Pacientes que têm mais tendência de acumular o tártaro ou que já possuem algum tipo de doença bucal são exemplos que merecem uma atenção maior.

Por isso, é essencial manter esse contato próximo com o dentista, para que ele acompanhe cada caso e indique a periodicidade mais indicada para cada um. Às vezes, é preciso voltar ao consultório odontológico trimestralmente, por exemplo, para evitar maiores complicações.

Quais as consequências de não fazer uma boa limpeza dentária?

Quem não dá prioridade para os cuidados com a saúde bucal, certamente corre maior risco de sofrer consequências como:

  • doenças periodontais, como a gengivite que causa inchaço e sangramento;

  • sensibilidade dentária, com dores constantes ao ingerir determinados tipos de alimentos e bebidas;

  • retração gengival com exposição da dentina;

  • mau hálito permanente;

  • cáries;

  • perda óssea e dentária.

Além desse tipo de consequência, há ainda riscos para a saúde geral, como adquirir uma infecção, doenças pulmonares e cardiovasculares ou até mesmo alguns tipos de câncer. Sem falar no impacto da autoestima que pode evoluir para uma depressão.

Ou seja, é possível perceber que os prejuízos podem ser significativos quando não se cuida bem dos dentes, inclusive realizando limpezas dentárias periódicas no consultório odontológico.

Há muitos casos de pessoas que sempre adiam as suas consultas por medo de dentista, mas não pensam que a medida que o quadro vai se agravando, aumenta a probabilidade de ter que realizar procedimentos mais complexos — além de mais dolorosos e mais caros.

Em vista disso, a melhor medida é realmente frequentar o dentista pelo menos 2 vezes por ano, para checar toda a boca e atuar na prevenção desses problemas. Assim, é muito mais fácil manter um sorriso bonito e saudável!

E aí, conseguiu perceber a importância de fazer uma limpeza dentária frequentemente? Então, assine a nossa newsletter para continuar informado!

Sobre DF Prime Odontologia

Clínica Odontológica localizada na Zona Sul de Recife, conheça mais nossos serviços em nosso site.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *